quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

SINDASP/RN EM DEFESA DA CATEGORIA

SINDASP/-RN em defesa da categoria, acompanha inspeção em Alcaçuz e cobra valorização dos agentes. 

Os representantes do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte (SINDASP/RN) acompanharam a visita feita pelo corregedor geral de Justiça do Estado, desembargador Cláudio Santos, ao presídio estadual de Alcaçuz, na manhã desta terça-feira (7). Eles também cobraram melhorias para Sistema Penitenciário como um todo, citando como exemplo a valorização dos profissionais da área.
Cláudio Santos falou sobre a necessidade do Governo do Estado investir em reformas urgentes nas unidades prisionais e, principalmente, destinar mais recursos para o efetivo que atua nas unidades prisionais  do Estado. “É preciso investir nos agentes penitenciários e não colocar a culpa neles pelo que acontece nas penitenciárias, como foi feito após a fuga em massa do mês passado”, disse o desembargador.
O mesmo foi reforçado pela presidente do Sindasp-RN, Vilma Batista, que saiu otimista da inspeção. “Nossa expectativa é que realmente melhore. Achamos bastante proveitosa uma intervenção da Justiça neste momento, pois reforça ainda mais o que sempre estamos dizendo e mostrando à sociedade”, declarou. 
Os agentes penitenciários ouviram ainda a promessa do Secretário Estadual de Justiça e Cidadania, Fábio Hollanda, para a contratação de 57 novos agentes penitenciários, que foram aprovados no último concurso e, inclusive, já passaram pelo processo de formação. Para que eles sejam convocados, o Governo precisa de liberação judicial, em virtude da Lei de Responsabilidade Fiscal. 
“Sabemos que essa quantidade ainda não é a ideal, mas, com certeza, trará uma grande melhoria para o sistema. Mesmo assim, é preciso que a convocação de novos agentes venha acompanhada de valorização do profissional, através da promoção de capacitação, bem como de investimentos em condições de trabalho, como aquisição de fardamento e equipamentos de segurança, assim como valorização salarial, por exemplo,” completou Vilma Batista.

SINDASP/RN

Nenhum comentário: