sexta-feira, 13 de março de 2015

Sindasp-RN participa de reunião de emergência e propõe criação de grupo de trabalho

Na noite desta sexta-feira (13), uma reunião envolvendo representantes do Sistema Penitenciário, Governo do Estado e poder Judiciário deu início a um processo que pode por fim a crise nos presídios. O Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN participou do encontro e propôs a criação urgente de um grupo de trabalho.

A reunião contou a presidente do Sindasp-RN, Vilma Batista, bem como o diretor do Departamento Penitenciário Nacional, Renato de Vitto, do secretário de Justiça, Zaidem Heronildes, da chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, da secretária de Segurança, Kalina Leite, e do juiz de Execuções Penais, Henrique Baltazar.

“Propomos um grupo de trabalho envolvendo o Sindicato e os demais entes para que possamos construir politicas públicas frente às demandas do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte, seja essa demanda estrutural, social, operacional ou de pessoal”, disse Vilma Batista.

De acordo com ela, ficou definido que esse grupo será formado o mais rápido possível, tornando mais fácil o diálogo e possibilitando que o Governo possa entender realmente o que o sistema penitenciário sofre com a falta de investimento.

“Inclusive, durante a reunião, tivemos uma intervenção positiva do diretor do DEPEN, que apresentou aos nossos gestores a realidade de um sistema prisional e quais as demandas que precisam se fortalecer, apresentando também recomendações do Conselho Nacional de Justiça, a partir de inspeções que foram feitas em unidades de todo o Brasil”.

Vilma Batista declara ainda: “A apresentação do diretor do DEPEN veio para reforçar o posicionamento do Sindicato que tem pedido há muito tempo investimentos. Além disso, solicitamos ao Governo do Estado que, em caráter de urgência, seja feito o pagamento de diárias operacionais, aquisição de viaturas, munições e outros artefatos para a atividade do agente penitenciário”,

O próprio diretor do DEPEN se comprometeu a enviar para o Rio Grande do Norte portais, raquetes, bancos detectores de metais e um scanner corporal para a unidade de segurança máxima, bem como algumas viaturas.

Ainda de acordo com Vilma, o Governo garantiu que não vai mais exonerar os diretores como havia sido pedido pelos presos e que na próxima segunda ou terça-feira será definido o horário da reunião com o governador Robinson Faria. A chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, afirmou que vai agendar com o governador e o líder do governo na Assembleia, deputado Fernando Mineiro, também se comprometeu em articular essa reunião para que haja uma definição de quando será enviada a minuta do PCCR.

“Houve uma reabertura do diálogo por parte do Governo e isso é muito importante nesse momento. Agora, convocamos todos os agentes penitenciários para uma assembleia, na próxima segunda-feira (16), na Coape, às 15h, para deliberarmos sobre o futuro da nossa carreira profissional, pois o limite acabou”, completa Vilma Batista.

Nenhum comentário: