quinta-feira, 11 de junho de 2015

Agentes penitenciários vão adotar novos procedimentos para segurança em presídios


Os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte se reuniram em assembleia, nesta quarta-feira (10), e decidiram que vão criar novos procedimentos para a segurança deles nas unidades prisionais do Estado. O movimento, chamado Trabalho com Segurança por Segurança, terá início a partir do dia 22 deste mês de junho.

“Para garantir a segurança e integridade física dos agentes penitenciários e diante do total descaso do Governo para com o Sistema Penitenciário, a categoria decidiu que irá criar uma espécie de cartilha e procedimentos baseados na Lei de Execuções Penais, como forma se preservarem”, explica Vilma Batista, presidente do Sindasp-RN.

De acordo com ela, desde que assumiu o Governo, o governador Robinson Faria havia se comprometido em investir na segurança pública e em resgatar o Sistema Prisional, bem como valorizar os agentes penitenciários. “No entanto, na prática, não temos visto nada acontecer. Muito pelo contrário, na contramão do que havia prometido, que era enviar o PCCR da categoria, o governador chancelou parecer da Consultoria descartando totalmente essa possibilidade no momento”, comenta Vilma.


Por esse motivo, os agentes penitenciários decidiram na assembleia criar os próprios procedimentos. A presidente do Sindasp-RN informa que os detalhes da operação serão discutidos em cada unidade com a categoria. No dia 16, por exemplo, haverá uma reunião em Mossoró para os agentes daquela região. No dia 17 será a vez de Caicó e, no dia 19, Natal e Grande Natal.

Além disso, a Diretoria do Sindasp-RN enviou ofícios para autoridades, repudiando esse parecer da Consultoria do Estado, que trava as negociações da categoria quanto ao PCCR, principalmente, porque esse não foi o discurso do governador Robinson anteriormente. "Ele sempre se disse aberto ao diálogo e que iria atender aos servidores, mas não cumpriu o que prometeu", completa Vilma Batista.

Veja ofícios:






Nenhum comentário: