quarta-feira, 17 de junho de 2015

Sindasp-RN se reúne com secretário de Justiça

No final da tarde desta quarta-feira (17), o Sindasp-RN se reuniu com o titular da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, Edilson França. Na reunião, a diretoria do Sindicato tratou sobre os rumores de terceirização nas unidades prisionais do Estado, bem como do Plano de Cargos, Carreira e Salário dos agentes.

“Questionamos o secretário sobre essas visitas que estão sendo feitas pela empresa Civiliza em algumas unidades e qual o propósito do Governo. Ele explicou que não existe nenhum contrato com a referida empresa e que, na verdade, a própria empresa apresentou uma proposta o Governo do Estado de modernização e informatização das cadeias. Mas, de acordo com o secretário, o Estado não tem interesse por não ter dotação orçamentária”, explica Vilma Batista.

A presidente do Sindasp-RN reforçou junto ao secretário um pedido de reunião com o governador Robinson, bem como informou que o Sindicato encaminhará um ofício ao governador cobrando informações sobre as pretensões dele quanto a esse processo de terceirização.

“Além disso, a reunião solicitada junto ao governador também terá como foco ouvir dele explicações sobre a aprovação de um parecer da Consultoria Geral do Estado impedindo o andamento do PCCR. O secretário Edilson França disse que também iria intermediar essa reunião com o governador. Nesta quinta-feira, teremos uma reunião com o Cogep e, posteriormente, teremos reunião com a Secretaria de Planejamento para vermos a questão do impacto financeiro. Quando sentarmos com o governador, esperamos um posicionamento dele sobre o PCCR”, completa Vilma.

Ela lembra que, conforme deliberado em assembleia dos Agentes Penitenciários, a partir da próxima segunda-feira (22) terá inicio o movimento chamado Trabalho com Segurança por Segurança, que tem como objetivo garantir a segurança e integridade física dos agentes penitenciários, diante do total descaso do Governo para com o Sistema Penitenciário. A categoria irá criar uma espécie de cartilha e procedimentos baseados na Lei de Execuções Penais, como forma se preservarem.

“Estamos visitando as unidades para estabelecermos o dialogo e a padronização dessas atividades. Já esta semana estamos indo a várias unidades e, na próxima semana, continuaremos as visitas”, destaca.

Pressão política
Ainda para esta quinta-feira, dia 18, a diretoria do Sindasp-RN informa que irá à Assembleia Legislativa, acompanhada de agentes penitenciários que têm atuação política no RN, para conversar com os deputados e cobrar deles atuação contra o processo de terceirização ou privatização dos presídios do Estado, bem como que os parlamentares cobrem do Governo do Estado o envio do PCCR.

“Pedimos ainda que a categoria continue mobilizada e, além das atividades que estão planejadas, vamos continuar tendo atuação política também. Cada um pode enviar e-mail para os deputados ou até mesmo cobrar pessoalmente para que o nosso Plano saia”, declara Vilma Batista.

Nenhum comentário: