quinta-feira, 30 de julho de 2015

Sindasp-RN participa de curso de Formação Sindical em Recife


A diretoria do Sindasp-RN esteve em Recife, nesta semana, participando de um curso de Formação Sindical para Dirigentes Sindicais do Sistema Penitenciário Brasileiro. O evento foi patrocinado pela Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) e Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST), com a organização da Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários (FENASPEN).

De acordo com Vilma Batista, presidente do Sindasp-RN, o curso foi fundamental para o aprimoramento das práticas sindicais, tendo aula ministrada pelo professor Sebastião Soares, com o tema "Ações Sindicais em Tempos de Crise".A partir desse curso, os diretores dos sindicatos poderão socializar o conhecimento adquirido com o restante das categorias.

Além do curso, os representantes da Federação Nacional de Servidores Penitenciários (FENASPEN) e dezoito lideranças sindicais filiadas à Federação fizeram uma visita ao presídio Aníbal Bruno, em Recife. Nessa unidade aconteceram duas fugas, uma no último sábado (25/07) e a outra na segunda-feira (27/07). Neste periodo o SINDASP/PE fez denuncias sobre a falta de condições de trabalho e algumas irregularidades do sistema. Em retalhação, o Governo de Pernambuco proibiu a entrada da FENASPEN ao presidio Anibal Bruno, porem os Sindicatos não aceitaram o não como resposta, e partiram para frente do presidio e chamaram a imprensa, onde a Presidente do SINDASP/RN e também membro da FENASPEN Vilma Batista fez uso da palavra e criticou veementemente o governo de pernambuco, sendo matéria de destaque na imprensa pernambucana e no blog do SINDASP/PE. 

Reunião avalia curso de formação
Nesta quarta-feira (29), a diretoria da Federação Nacional de Servidores Penitenciários (FENASPEN) organizou outra reunião para refletir e avaliar os dois dias de Curso de Formação Sindical.“Ficamos felizes em participar desse curso, porque é importante nos aprimorarmos e, principalmente, mantermos contato com colegas de todo o Brasil, para conhecer a realidade de cada estado. Tudo isso nos dará mais força para lutarmos pelas pautas da nossa categoria”, afirma Vilma Batista.







Nenhum comentário: