terça-feira, 31 de maio de 2016

Agentes penitenciários se reúnem em assembleia


Na tarde desta terça-feira (31), os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte se reuniram em assembleia. A categoria se encontrou para colocar em debate pontos referentes a pauta de reivindicações, ações políticas e jurídicas que estão em andamento, bem como uma pauta unificada com outras categorias de servidores públicos estaduais.

O Sindasp-RN apresentou aos agentes detalhes de ações judiciais que estão em curso, como a atualização dos quinquênios da categoria de acordo com o Estatuto que foi aprovado neste ano e ainda sobre uma ação pedindo que a Justiça determine ao Governo do Estado o pagamento do salário dos servidores até o último dia útil de cada mês.

Durante a assembleia, os agentes puderam expor também suas sugestões, críticas e discutir sobre futuras ações a serem realizadas pela categoria. "Ficou claro o entendimento de unirmos força neste momento, para pressionarmos o Governo ao cumprimento da nossa pauta de reivindicações, como valorização profissional e reestruturação do Sistema Penitenciário, que encontra-se em degradantes condições de trabalho. Além disso, temos as questões das horas extras, auxílio fardamento, adicional noturno e percas salariais", explica Vilma Batista, presidente do Sindasp-RN.


De acordo com ela, para unificar esse entendimento entre todos os agentes e fortalecer os atos que serão definidos e realizados em breve, a categoria deliberou por realizar uma assembleia no interior do Estado, em Mossoró, na segunda semana de junho.

"A categoria decidiu estabelecer assembleia permanente para que possa deliberar em conjunto com os colegas do interior e da região metropolitana sobre mobilizações dos Agentes Penitenciários para cobrar do secretário de Justiça e Cidadania uma reunião em conjunto com o Gabinete Civil para que seja dado segmento a implantação de pontos do Estatuto e esses outros pontos que foram citados acima", comenta Vilma Batista.


Paralisação unificada
Também durante a assembleia desta terça-feira, o Sindasp-RN expôs aos agentes penitenciários os trabalhos que vêm sendo feitos pelo Fórum Estadual dos Servidores do RN. Tal Fórum vai promover uma paralisação unificada de um dia, que será realizada na próxima quinta-feira, dia 2 de maio.

Essa paralisação unificada vai envolver servidores de quase todas as esferas estaduais, com objetivo de cobrar do Governo do Estado o pagamento dos salários em dia, bem como de mostrar posicionamento contrário ao projeto que pretende criar uma previdência complementar para os servidores.

"A categoria deliberou e decidiu participar desse ato, portanto, na quinta-feira, dia 2, os trabalhos administrativos e escolta serão suspensos, sendo mantidos apenas 30% do efetivo em serviço e o restante deverá se deslocar para a frente do Hospital Walfredo Gurgel, a partir das 9h, para participarmos desse grande movimento da classe trabalhadora que é a Marcha do Servidor Público até a Governadoria", completa a presidente do Sindasp-RN.


Nenhum comentário: