domingo, 26 de junho de 2016

NOTA: Sindasp-RN lamenta morte de agente penitenciário


O Sindasp-RN, em nome de toda a categoria agente penitenciário, externa profundo pesar pela morte do agente David Max, que foi assassinado a tiros, na noite deste sábado (25), na cidade de São Paulo do Potengi.

"A categoria está de luto e foi pega de surpresa com essa ocorrência, ainda mais pela forma covarde como aconteceu. A dor se torna ainda maior pela data em que aconteceu, pois neste sábado completou três anos da morte do também agente Ronilson Alves, um profissional que faz muita falta para o Estado e amigos e uma perca irreparável para os familiares. Diante disso queremos pedir aos nossos gestores mais empenho e responsabilidade com essa categoria,  bem como uma visão mais humana dos que defendem os direitos humanos para com os agentes penitenciários", declara Vilma Batista, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN.

Ela ainda completa ressaltando que  profissão de agente penitenciário é uma das mais perigosas do mundo e, por isso, pede que o caso do agente David Max receba uma atenção especial, até mesmo para dar uma resposta a sociedade e à criminalidade.


"Esperamos que o caso seja investigado com rigor e os autores desse crime sejam presos. Estaremos acompanhando de perto e atento às investigações, dentro e fora das unidades. Por fim, desejamos força aos familiares e amigos do agente David Max. Que Deus possa confortá-los nesse momento de profunda dor", completa a presidente do Sindasp-RN. 

Nenhum comentário: