quinta-feira, 7 de julho de 2016

Sindasp-RN tem reunião com Governo e convoca agentes para ato



O Sindasp-RN teve, na tarde desta quinta-feira (7), mais uma reunião com o Gabinete Civil do Estado. O encontro de hoje contou com a presença do secretário de Justiça e Cidadania, Walber Virgolino, e do secretário da Administração, Cristiano Feitosa.

A chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, falou há intenção do Governo em negociar com a categoria e tentar evitar a greve. No entanto, a presidente do Sindasp-RN, Vilma Batista, disse que o movimento grevista já está deliberado em assembleia geral dos agentes penitenciários e somente com uma entendimento concreto entre e Governo e Sindasp-RN é que uma nova deliberação pode ser tomada.


"Na reunião de hoje, não houveram avanços. Foram discutidos temas como as perdas salariais, como atualização do salário base e pagamento do quinquênio, bem como a questão das horas extras e ainda o auxílio fardamento. Sobre este ultimo assunto, por exemplo, a Sejuc ficou de fazer um levantamento de preços à pedido da chefe do Gabinete Civil, para que o Governo apresente um valor que possa pagar", explica Vilma Batista.

Já o secretário da Administração ficou de fazer análises sobre os outros pontos. Tatiana Mendes Cunha pediu que os secretários lhe apresentem uma proposta final ao pleito dos agentes penitenciários, em uma reunião que haverá entre eles na manhã desta sexta-feira (8).


Com isso, ficou acertada uma nova reunião entre o Gabinete Civil e o Sindasp-RN para a tarde desta sexta-feira, às 16h, na qual o Governo promete apresentar uma proposta concreta em resposta a pauta de reivindicação.

"Diante desse quadro, pedimos que os agentes penitenciários compareçam ao Centro Administrativo, a partir das 16h desta sexta-feira, para que após a reunião possamos nos reunir e conversar sobre cada detalhe dessas reuniões e sobre o que foi apresentado pelo Governo. Por hora, nosso movimento está mantido e a concentração desta sexta-feira já será um primeiro ato preparatório para a greve que se inicia no sábado, conforme deliberado na assembleia passada", completa Vilma Batista.


Nenhum comentário: